Get Adobe Flash player

DETALHE DE NOTÍCIA

Sep02
2014

Atuais práticas agrícolas “podem causar falta de alimentos em 2050”

Um estudo levado a cabo pelas universidades de Cambridge e de Aberdeen e recentemente publicado defende que os gases de estufa provenientes da produção de alimentos podem vir a aumentar em cerca de 80% se o consumo de carne de lacticínios continuar a incrementar. Segundo os investigadores, as atuais práticas agrícolas “podem causar falta de alimentos em 2050” em todo o mundo.
 

De acordo com o jornal Público, os investigadores das universidades britânicas analisaram dados sobre o uso do solo, sobre as aptidões agrícolas da terra e da biomassa agrícola para criar um modelo que comparou diferentes cenários para 2050 e concluíram que daqui a cerca de 35 anos a área cultivada deverá ter aumentado em 42% e uso de fertilizantes terá crescido cerca de 45% face a 2009.
 

Os resultados mostram ainda que com o aumento da população mundial e a mudança de hábitos alimentares, que são cada vez mais ocidentalizados e centrados no consumo de carne, será cada vez mais difícil que a agricultura responda às necessidades alimentares da população mundial.
 

Como solução, os cientistas apontam o aumento das áreas de cultivo e a adoção de “dietas mais saudáveis e equilibradas”: o consumo de duas porções de carne vermelha e cinco ovos por semana e apenas uma pequena quantidade de lacticínios por dia.
 

Bojana Bajzelj, uma das investigadoras responsáveis pelo estudo, refere que “reduzir o desperdício de alimentos e moderar o consumo de carne em dietas mais equilibradas, são as opções ‘sem arrependimento’ essenciais”.
 

Fonte: Vida Rural

1 / 43