Get Adobe Flash player

SERVIÇO:

Produção Integrada

A crescente preocupação com os recursos naturais e o ecossistema têm levado a que a Produção Integrada seja um Modo de Produção cada vez mais adoptado pelos operadores agrícolas portugueses.

Este Modo de Produção congrega um conjunto de princípios básicos que promovem a preservação do ecossistema agrário e a biodiversidade da fauna e da flora.

A certificação em Produção Integrada possibilita-lhe:
- A facilidade de acesso ao mercado
- Comercializar o seu produto com o logótipo da Produção Integrada
- Aceder a apoios comunitários através das medidas Agro-Ambientais do ProDER
 

Pretende certificar os seus produtos agrícolas no Modo de Produção Integrada?

A NATURALFA pode prestar-lhe este serviço!
Peça-nos um orçamento.

Saiba mais [+]

A garantia de qualidade dos produtos é o resultado da utilização de práticas de produção que respeitem o ambiente, e não somente das características específicas do produto (internas e externas). 

A Produção Integrada rege-se pelos seguinte pincipios:
 

1. Abordagem da exploração como um todo, isto é, visa a regulação do ecossistema, o bem-estar animal e a preservação dos recursos naturais.
2. Minimização dos efeitos inconvenientes das atividades agrícolas, como contaminação azotada de águas, erosão, etc.
3. A unidade de implementação da produção integrada é a exploração agrícola.
4. Formação contínua do empresário Agrícola.
5. Os ecossistemas agrários são a base do planeamento e realização das atividades na exploração. As atividades agrícolas devem perturbar o menos possível a estabilidade dos ecossistemas, nas suas componentes recursos naturais e mecanismos reguladores.
6. Assegurar a redução ao mínimo as perdas de nutrientes, privilegiando a reciclagem da matéria orgânica produzida na exploração agrícola.
7. O solo como base fértil de produção sem intervenções exteriores, assegurado pelo equilíbrio das características físicas, químicas e biológicas do solo.
8. Protecção integrada das culturas como orientação obrigatória.
9. A biodiversidade é o pilar da estabilidade do ecossistema. A manutenção de níveis de biodiversidade é essencial para permitir a substituição de produtos fitofarmacêuticos por fatores de regulação natural, como a limitação natural. A diversidade ecológica coloca à disposição do agricultor um importante recurso, com carácter funcional – biodiversidade funcional.
10. A qualidade dos produtos obtidos abrange não só factores de produção, mas também a natureza do sistema de produção
11. Bem-estar dos animais produzidos na exploração agrícola.


O Decreto-Lei nº 256/2009 estabelece os princípios e orientações para a prática da protecção integrada e produção integrada. No site da Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural poderá ter acesso a mais informação, assim como às normas técnicas, listas actualizadas de produtos homologados, etc. Também poderá encontrar mais informação na nossa seção de documentação.

«Voltar